Automação Industrial: A Importância dos Transportadores e da Correia Dentada

Tünkers Brasil 9. Transportadores

A Automação Industrial promove o aumento de eficiência de sistemas e processos produtivos. A Correia Dentada pode ser utilizada como solução alternativa à Corrente Central, trazendo benefícios e vantagens.

A correia dentada é um dos componentes dos transportadores de acumulação APM. Os mesmos têm sua aplicação ligada ao deslocamento de cargas, agilizando o processo e eliminando boa parte da necessidade de esforço humano.

Tratam-se de elementos modulares constituídos por um conjunto de engrenagens. As mesmas recebem energia de um sistema de alimentação e convertem-na em energia mecânica. Seu giro traciona uma base móvel, posta em movimento de maneira cíclica.

A correia dentada é o componente tracionado e transmite a energia do equipamento para a carga por meio do atrito estabelecido com a mesma. Tal processo é facilitado pelos dentes que compõem a correia, reduzindo os deslizamentos e garantindo o transporte.

Elemento Alternativo: Corrente Central

Um dos recursos de automação industrial aplicados tradicionalmente aos transportadores descritos é a corrente central. Ela desempenha papel semelhante ao da correia dentada, no entanto apresenta algumas diferenças quanto ao desempenho.

Exigindo diversas intervenções para manter seu funcionamento de forma adequada, a corrente deve ser esticada e lubrificada constantemente. Além disso, não se mostra isenta da necessidade de processos de manutenção.

Vejamos agora as características que tornam a correia dentada um elemento de automação industrial mais interessante do que a corrente central, quanto à sua aplicação nos transportadores APM.

Os Benefícios da Correia Dentada 

Diversas características mostram quão vantajosa é a utilização da correia dentada. Primeiramente, sobre a compatibilidade e adaptação aos transportadores APM, temos 3 aspectos importantes:

– Simplicidade em sua instalação e substituição;

– Ausência de necessidade de desmontagem do equipamento;

– Desvios mínimos acumulados devido à correia dentada.

Sobre as principais contribuições relacionadas à intervenção humana no processo, temos:

– Menos programação para o controle da corrente;

– Maior segurança do operador;

– Menos ruído durante a operação.

Todos os benefícios citados acima contribuem de alguma forma com a redução de custos do processo, porém aqueles que apresentam impacto direto sobre esse quesito são:

– Não ocorre estiramento da correia;

– Redução de manutenções;

– Ausência de lubrificação e de todos os acessórios necessários;

– Solução limpa.

E Para Finalizar…

Com tudo isso é fácil concluir o quanto a aplicação da correia dentada como elemento de automação industrial pode ser vantajosa. Ela favorece a produtividade do processo ao contribuir com mais simplicidade, economia e comodidade para os elementos.

Trata-se do tipo de incremento que, com o tempo, pode representar um impacto significativo para a organização. Isso se torna evidente quando se considera o grande volume de operações desempenhadas ao longo de cada ano e todo o dinheiro que se pode perder devido a pequenas falhas de produtividade que, com o tempo, se convertem em ineficiência.

Leia a respeito da automação industrial no nosso artigo 

www.maps-generator.com