Acabamento gráfico

Quando trabalhamos com impressão, é de suma importância que o acabamento gráfico seja feito com cuidado, para que o resultado seja uma peça atraente aos olhos de quem vê.

Nesse artigo, vamos entender a importância do acabamento gráfico, os principais tipos e as máquinas que são utilizadas para realizar esse serviço. 

Porque o acabamento gráfico é importante?

O acabamento gráfico transforma um material simples em algo sofisticado,  que passa uma mensagem de qualidade e cuidado.

O ponto mais importante aqui é que não basta apenas fazer um acabamento gráfico, ele deve ser feito com muita qualidade,  caso contrário não surtirá o efeito esperado e pode até mesmo inutilizar o material impresso.

Cada tipo de acabamento pode exigir um tipo de papel, tiragem e impressão adequado, garantindo que o acabamento funcione perfeitamente. 

Os principais tipos de acabamento gráfico

Corte

O acabamento gráfico começa no corte.  Alguns produtos podem precisar de formato diferenciado e os cortes podem ser feitos a laser ou com facas específicas para essa função. 

Os cortes feito a laser são recomendados para projetos que exigem alto nível de personalização.

Quando o assunto são facas, existem os formatos padrões que são usados por muitas gráficas, mas também é possível montar facas para cortes personalizados.

Laminação

A laminação é muito utilizada em papéis que tem gramaturas espessas.  O acabamento pode ser fosco ou brilhante e consiste na aplicação de uma camada fina de plástico adesivo sobre o impresso.

O acabamento fosco é muito utilizado para materiais que contém muito texto, já o acabamento brilhante é ideal para fotos.

Verniz

Verniz é um tipo de acabamento gráfico que pode ser usado sozinho ou também aliado a laminação.  

O objetivo é trazer um alto brilho para peça aplicada, o que pode ser feito na peça inteira ou de forma localizada. 

Relevo

O relevo é um acabamento próprio para materiais que tenham gramatura acima de 180g. Traz sofisticação, pois grava uma imagem no papel e a deixa sensível ao toque.

Há ainda muitos outros tipos de acabamento gráfico: encadernação, borda, dobras,  vincos, lombada quadrada, plastificação, refile, empastamento entre outros.

O acabamento gráfico e as máquinas de acabamento

Com o acabamento gráfico, um simples impresso pode se tornar um material de destaque que chame atenção das pessoas através da nobreza e requinte..

Existem gráficas que são especializadas apenas no acabamento de material impresso e outras que fazem todas as etapas do processo.

Se o objetivo da sua gráfica é se tornar especializada em acabamento ou fazer todas as partes do processo, é preciso encontrar um maquinário de qualidade para que suas entregas não sejam comprometidas.

Sua gráfica irá precisar de sistemas automáticos, encadernadoras, máquinas de dobrar, grampeadeiras, canteadeiras, coladeiras, dobradeiras, prensas, guilhotinas, etc.

Se você quiser saber mais sobre máquinas de acabamento gráfico, acesse nosso página e conheça todos os produtos que temos disponíveis!