ISO é uma sigla para o termo International Organization for Standardization, que em portugues significa Organização Internacional de Padronização. Essa instituição emite certificações de normas e padronizações que comprovam que uma empresa segue procedimentos para garantir o padrão de qualidade.

As certificações são classificadas por números e existem diversos tipos, mas hoje conheceremos os principais!

ISO 9000

A ISO 9000 é uma norma técnica que garante por meio de normas e procedimentos padronizados a melhoria contínua nos processos de uma empresa, com foco numa boa gestão de qualidade.

A ideia é que uma empresa que segue os protocolos da ISO 9000 tenha mais produtividade, feche melhores negócios, redija melhores contratos e escolha com melhores critérios os seus fornecedores.

Além disso, estar dentro dessa padronização com certificação reconhecida internacionalmente, faz com que a empresa ganhe diferencial competitivo dentro do mercado. Assim ela será vista como uma empresa mais profissional.

ISO 90001: 2015

A certificação ISO 9001 ajuda as organizações a desenvolver e melhorar o desempenho e demonstrar altos níveis de qualidade ao oferecer suas propostas de contrato. A certificação ocorre após a conclusão bem-sucedida de uma auditoria da norma ISO 9001 e permite à organização:

  • Operar com mais eficiência
  • Cumprir requisitos legais e regulatórios
  • Alcançar novos mercados
  • Identificar e solucionar riscos
Certificações de qualidade ISO: conheça os principais tipos

Através de uma auditoria na Tünkers do Brasil, comprovou atender todos os requisitos.

ISO 14000

A ISO 14000 é uma certificação que reforça o compromisso de uma empresa com as necessidades ambientais do país que ela está instalada. O seu objetivo é incorporar a sustentabilidade ambiental aos procedimentos da empresa.

As normas da ISO 14000 também são conhecidas como Sistema de Gestão Ambiental (SGA), com ela é possível padronizar todos os procedimentos que dizem respeito ao meio ambiente, inclusive, a conscientização por meio de treinamentos dos colaboradores.

Com essa norma será possível incorporar a sustentabilidade no cotidiano empresarial de forma eficiente, melhorando sua reputação corporativa e fazendo bem ao meio ambiente.

Leia também: Como a tecnologia pode ajudar a reduzir os custos na agricultura.

ISO 17025

A ISO 17025 é voltada à normatização dos laboratórios de ensaio e calibração. Assim como as demais normas, a 17025 serve para assegurar que estão sendo realizados procedimentos padronizados e que garantem a qualidade dos resultados provenientes daquele laboratório.

Um laboratório que tem essa certificação, certamente passa mais credibilidade e desperta mais confiança em seus clientes, já que se adequou às normas e passou por diversas auditorias que comprovam tal fato.

ISO 50001

A ISO 50001 é muito utilizada no âmbito industrial já que se refere à normatização e padronização de procedimentos referentes ao desempenho energético da companhia.

O objetivo é que a empresa estabeleça padrões que melhorem o desempenho energético para que a energia seja conservada, gerando menos gasto e, consequentemente, menor custo.

Com a ISO 50001 há a implantação de um sistema de gestão de energia, que traz maior eficiência na gestão energética, bem como a correta escolha de tecnologias que favoreçam esse escopo.

Essas são as principais certificações de qualidade ISO, que são aplicadas em diferentes âmbitos empresariais, no entanto a ISO 9000 é a mais difundida e aplicada em diferentes segmentos organizacionais.

E que tal reduzir o desperdício na manufatura da sua empresa? Leia esse artigo: Lean Manufacturing: o que é, como funciona e tudo o que você precisa saber!